Destaques da TV Japonesa #11

publicado em  

Emissoras de televisão comerciais, geralmente transmitem especiais sobre o fim da guerra nesta época do ano, mas, aparentemente, elas gastaram muito dinheiro na cobertura das Olimpíadas, e uma grande parte da programação desta semana será dedicada a reprises.

A única emissora que virá com novidades nesta semana é a NHK. Na terça-feira ela irá apresentar um documentário chamado "Senjo no Gunpo Kaigi" ("Corte Marcial no Campo de Batalha", NHK-G, 22 horas), que irá utilizar testemunhos recém-descobertos dos responsáveis pelos julgamentos durantes os últimos momentos da guerra. O abastecimento de comida para tropas nas Filipinas e na Nova Guiné foram reduzidos, soldados famintos vagavam pelas selvas, sem permissão, à procura de comida. Alguns foram presos e julgados como desertores, e depois executados como um exemplo para os outros. No final da guerra, os militares destruíram todos os registros oficiais, porém, este documentário será baseado em documentos que advogados do exército estavam mantendo em segredo, assim como uma fita com 14 horas de gravações de áudio.

O assunto será mais bem abordado em "Shusen Kosaku: Naze Motto Hayaku Dekinakatta Ka?"  ("Fim da estratégia de Guerra: Por que ela não podia ter terminado mais cedo?", NHK-G, quarta às 19h30), que irá explorar a questão ainda controversa: Por que o Japão não se rendeu mais cedo? Quanto mais perto os aliados chegavam ao continente japonês, as vítimas japonesas aumentavam, tanto militares como civis. Os líderes japoneses sabiam que a guerra estava perdida, mas mesmo assim continuavam. O programa da NHK irá apresentar novas informações, encontradas recentemente em arquivos britânicos, que mostram como os japoneses foram alertados das intenções soviéticas de se juntar à guerra contra o Japão, em seu início, bem como os esforços dos japoneses para negociar com eles.
Comentários