Wolf Children, Ame and Yuki

publicado em  

Mamoru Hosoda é o artista mais cotado para suceder Hayao Miyazaki no título de mestre dos mestres dos animes. A influência de Miyazaki no próprio trabalho de Hosoda parece óbvia, desde seu estilo bonito, mas realista, até suas preocupações com questões sociais e emoções confusas dos seres humanos.

Hosoda já trabalhou para o estúdio Ghibli no filme "O Castelo Animado", de 2004, antes de Miyazaki assumir o cargo de diretor.

Hosoda criou seu próprio estilo, em filmes como "Toki wo Kakeru Shojo" ("A Garota que podia viajar no tempo", 2006), "Sama Wozu" ("Summer Wars", 2009) e seu novo "Okami Kodomo no Ame to Yuki" ("The Wolf Children, Ame and Yuki"), ele consegue integrar elementos fantásticos e dramas universais em suas obras. Em "Summer Wars", sua obra-prima até o momento, um vírus de computador cria um pesadelo social dentro do mundo digital moderno, tudo dentro do reino da possibilidade.

Baseado em uma história original de Hosoda, "The Wolf Children" lembra contos sobre mudanças de identidade, onde seres podem ter forma animal ou humana, embora estes não tenham poderes mágicos. Em vez disso, os filhos (ao qual o título do filme se refere) são resultantes de um romance entre Hana, uma estudante de 19 anos, com um jovem lobisomem.

O filme, ao invés de ser um conto de fadas repleto de aventuras, fala mais sobre os laços familiares. Após a morte prematura de seu pai, os filhos que estão saindo de sua primeira infância começam a descobrir o mundo como ele realmente é, apoiado por sua mãe. A história gira em torno da relação pai e filho, com foco na vida de uma mãe solteira.

Hosoda toca em assuntos muito interessantes, como uma critica a sociedade onde os papéis de gênero são ditados pela herança genética, as dificuldades da vida rural e a maternidade precoce.

Tudo começa quando Hana se apaixona por um lobisomem, ela se encanta por seu ar de solidão e seriedade. Sua primeira filha, uma menina nascida em um dia de neve, recebe o nome Yuki (Neve), enquanto o segundo, um menino nascido em dia chuvoso, é apelidado de Ame (Chuva). Ambos são capazes de mudar sua aparência para lobo quando desejarem. Yuki é meio indisciplinada, e Ame é mais tímido e apegado a mãe.

Após a morte prematura do pai, Hana percebe que seus dois bebês, que podem se transformar em lobos, são muito difíceis de controlar na cidade. Ela então se muda para o campo, e vai morar em uma fazenda caindo aos pedaços. A partir de então ela tenta se estabelecer, porém suas economias começam a acabar e suas tentativas desajeitadas para fazer os vegetais crescerem falham. Felizmente ela é resgatada por um fazendeiro ranzinza, porém gentil, e outros moradores locais simpáticos.

Yuki cresce é já é uma garota em idade escolar, e decide que quer uma vida mais normal. Com a aprovação da mãe, ela se matricula em uma escola do bairro e começa a agir como uma menina humana para se igualar a seus novos amigos. Yuki se apaixona por um estudante que é transferido para escola, ele possui um olhar feroz, e seu temperamento se parece muito com o de seu pai.

Ame segue sua irmã, mas ele não está tão interessado na escola, ele está interessado no mundo fora da janela da sala de aula. A beira da adolescência, Ame encontra um amigo lobo que o instrui nos caminhos de sua espécie.
Comentários