Pornografia Infantil continua

publicado em  

Sites que vendem DVDs com pornografia infantil continuam a funcionar, apesar do lançamento de um sistema de bloqueio, em abril do ano passado. Os sites ilícitos se aproveitam de uma brecha do sistema para dar aos seus clientes acesso fácil.

Os usuários podem facilmente acessar um site bloqueado apenas digitando o seu endereço de IP, ao invés da URL, na barra de endereços do navegador.

A polícia japonesa pretende lançar uma intensa campanha para acabar com sites que vendam DVDs ilegais. Ela recentemente descobriu um desses sites com fotos de crianças nuas juntamente com a descrição de suas idades.

O site vende DVDs que parecem conter pornografia infantil por 650 ienes (R$ 16,61) cada, e ainda possui um aviso dizendo: "Temos todos os títulos que você quer".

Segundo a polícia, o site pertence a uma organização com sede na área metropolitana de Tóquio, e vêm vendendo DVDs ilegais há vários anos. A organização criou dezenas de novos sites após o lançamento do sistema de bloqueio.

Esses sites podem ser acessados por causa de uma falha técnica no sistema: a digitação direta de endereços de IP. A Associação de Segurança da Internet, que decide quais sites serão bloqueados, faz apenas uma lista de URLs, mas não uma lista de IPs.

Os operadores de sites ilegais enviam o endereço do IP para seus clientes através de e-mails.

O sistema de bloqueio japonês foi lançado em abril de 2011, até novembro 179 URLs e 19 domínios foram registrados como "ilegais".

"Estamos conscientes de que a digitação direta de endereços de IP está acontecendo, e estamos tentando resolver o problema o mais rápido possível", disse um funcionário da Associação de Segurança.
Comentários
Anônimo  

sexooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo

Anônimo  

SEXOOO