Evite gafes à mesa no Japão

publicado em  

O filme norte-americano "Blade Runner" ("O caçador de androides", no Brasil) de 1982, é considerado um clássico da ficção científica. Porém, ele é um péssimo exemplo quando se trata de modos à mesa.

Alguns ocidentais quando vão utilizar algum waribashi ("割り箸", hashi descartável) para comer, após desmembrá-los, eles costumam os esfregar para tirar as lascas de madeira. Como é mostrado no começo do filme: Rick Deckard (Harrison Ford) se senta no bar japonês White Dragon e pede um macarrão. Enquanto espera por sua comida, Deckard pega seus pauzinhos, os separa, e começa a esfregá-los.

Deckard parece confortável ao fazer o pedido em um restaurante no Japão, então ele deve saber como se comportar na hora de comer, certo? A cena citada acima tem influenciado muitos ocidentais que tem visitado o Japão, ou jantado em restaurantes japoneses, que pensam que a maneira "correta" de utilizar os hashis é separa-los e em seguida "esfregá-los". Mas essa forma, além de errada, é considerada rude no Japão!

Quando os japoneses usam os waribashis, eles simplesmente quebram ao meio e começam a comer. De acordo com as boas maneiras à mesa, seus pauzinhos não devem tocar os seus lábios, nem sua língua e muito menos o interior da sua boca. Esfregá-los durante uma refeição seria considerado rude.

Falando em más maneiras à mesa, não separe os seus waribashis com os dentes. E nunca deixe seu hashi em pé em cima de uma tigela de arroz, pois além de ser uma gafe, simboliza um ritual funerário.

Mas se você quer tirar as eventuais lascas dos seus waribashis, tente fazer discretamente.
Comentários