Mickey apoia o casamento gay

publicado em  

Poucos dias depois do presidente dos EUA, Barack Obama, sair em favor do casamento gay, outro apoiante da união homossexual surgiu no Japão: Mickey Mouse.

Apesar de um casamento jurídico não ser permitido, casais do mesmo sexo podem realizar cerimônias de casamento de "conto de fadas" em hotéis, dentro do Disney Resort de Tóquio, inclusive dentro do castelo da Cinderela. "Nós nunca recusamos um pedido de casamento de pessoas do mesmo sexo, em nossos hotéis", disse uma porta voz do Milial Resort Hotel, um subsidiário do Disney Resort. Porém, ela acrescentou que casais de gays e lésbicas não são autorizados a trocar votos de casamento na capela local, por causa da doutrina cristã.

"O Mickey primeiramente ficou surpreso ao ver que éramos um casal de meninas. Mas nós dissemos que estávamos ali para agradecer por deixar casamentos do mesmo sexo ser realizados no Disney Resort, e ele comemorou com a gente".

Um casamento no castelo da Cinderela custa 7,5 milhões de ienes (aproximadamente 185 mil reais).

A homossexualidade no Japão não é amplamente aceita, e não é discutida abertamente. Enquanto gays e lésbicas não encontram tanta hostilidade, em contrapartida não existem direitos e leis para casais do mesmo sexo, e não existe debate público sobre o casamento homossexual. Na semana passada, Obama se tornou o primeiro presidente dos EUA a apoiar abertamente o casamento gay.
Comentários