Estudante preso por vender DVD de anime

publicado em  


Será que 2012 será o ano mais movimentado para as unidades antipirataria do Japão? Nesta última terça-feira, dia 6 de março, a Seção de Cyber Crime e a Divisão Econômica da polícia de Hokkaido prendeu um estudante universitário de 22 anos de idade, por suspeita de vender 31 animes pirata via internet, sem a autorização dos detentores dos direitos autorais.

Os títulos de anime incluem Mobile Suit Gundam, Dragon Ball GT e Detective Conan. Ele vendeu os 31 discos para três pessoas, e arrecadou cerca de 13.500 ienes (U$165,42). O jovem admitiu a acusação e confessou que queria obter lucro com a venda dos discos. A polícia suspeita que desde fevereiro de 2011 o estudante tenha ganhado pelo menos um milhão de ienes (U$12.252) com a venda do material pirata. 
Comentários