Inu Yasha

publicado em  


Imagine você cair num poço e viajar no tempo. Bom, este é o enredo inicial da história de Inu Yasha, uma série de enorme sucesso da mangaká Rumiko Takahashi, e que fez mais sucesso ainda fora do Japão! Tanto o mangá, quanto o anime, já passaram por aqui, e o sucesso só não foi maior graças ao pouco investimento em exibição na TV aberta. Porém, o anime fez grande sucesso na TV paga, e seu mangá foi publicado em seu total pela Editora JBC, sendo o mangá de mais longa duração publicado completo no Brasil.

A SÉRIE

No começo da série somos apresentados a Kagome Higurashi, uma estudante colegial que mora no Japão dos dias atuais. Até poderia classificá-la como uma garota comum, mas acredito que uma pessoa que more num templo com sua família, não seja tão comum assim. Ela mora com seu avô, mãe e irmão, e leva uma vida normal... Porém acaba caindo num poço e é perseguida por um monstro, indo parar assim num vilarejo do Japão na Época Feudal. A princípio ela pensa estar em algum lugar de sua época, porém logo percebe que viajou no tempo ao cair naquele poço! O monstro volta a atacar Kagome, ela corre para a floresta e, durante a perseguição, encontra Inu Yasha (um meio Youkai - demônio), preso numa árvore por uma flecha. Ele acorda e pede para Kagome soltá-lo, assim ele destruiria o monstro que a perseguia. Ela então o solta, e Inu Yasha destrói o monstro rapidamente. Inu Yasha então tanta matar Kagome, porém surge Kaede e joga no pescoço dele um rosário (colar), e pede para Kagome falar uma palavra qualquer para acalmá-lo, ela diz "Senta", e ele cai no chão.

Kagome traz dentro de si a Joia de 4 almas, por isso o monstro a atacou no poço. E logo no episódio seguinte um Youkai consegue tirar a Joia de dentro dela, porém ao tentar recuperar, Kagome acaba a despedaçando em dezenas de fragmentos. Inu Yasha deseja a todo custo ter a Jóia, pois com ela ele poderá se tornar um Youkai completo. De um lado Kagome com a obrigação de recuperar todos os pedaços da Joia (pois foi ela quem destruiu) e do outro Inu Yasha querendo recuperá-la por questões pessoais, eles então se juntam e partem numa busca que mudou completamente as suas vidas!

Kagome e Inu Yasha são os personagens centrais da série, e o que os une é a Joia de 4 almas. A Joia de 4 Almas é a tradução de Shikon no Tama (Shi = 4; Kon = Alma; Tama = Joia). Ela se originou no coração de uma guerreira chamada Nidoriku que tinha o poder de purificar os Youkais, transformando os maus em bons, e dando-lhes uma das 4 partes da alma que é necessária para ter bondade no coração. Porém em uma batalha que durou 7 dias e 7 noites, ela não estava conseguindo purificar os Youkais, então os sugou para dentro do seu coração, mas como eram muitos, não teve sucesso. Ela não morreu, na verdade continua viva dentro da Joia de 4 Almas, lutando ainda com os Youkais que sugou e tentando purificá-los.
A Joia pode ser corrompida sempre que é usada para o mal. Ela tem grandes poderes como dar mais força a um Youkai, transformá-lo em humano, e deixar criaturas e humanos com poderes.

TRIÂNGULO AMOROSO

Como é característica das obras de Rumiko Takahasi, a trama de Inu Yasha além de muita ação e aventura, tem romance! Tudo começa 50 anos antes de Inu Yasha encontrar Kagome na floresta... Nesta época existia uma sacerdotisa chamada Kikyou, sua missão era proteger a Joia de 4 Almas, e com seus poderes destruir os Youkais que tentavam roubá-la! Inu Yasha desde esta época tentou roubar a Joia dela, porém ela o poupou diversas vezes, até que os dois acabaram se apaixonando. Inu Yasha agora queria utilizar os poderes da Joia para se tornar um humano completo. Porém, quando Kikyou ia levar a Joia para ele, acabou sendo enganada por Naraku (o vilão da história), que fingiu ser Inu Yasha e a atacou, ela pensando ter sido atacada por seu amado, lançou uma flecha no Inu Yasha verdadeiro, que o prendeu numa árvore, depois disso acabou morrendo. Kikyou é a irmã mais velha de Kaede (que já está velhinha).

Kagome é a reencarnação de Kikyou, sendo assim ela ainda possui alguns poderes de sacerdotisa ocultos. E assim como no passado, durante os episódios, acaba se apaixonando por Inu Yasha.

Durante a jornada de Inu Yasha e Kagome atrás dos fragmentos da Joia de 4 Almas, eles acabam se deparando com uma Youkai feiticeira. Esta que rouba os ossos e terra do túmulo da Kikyou e acaba a ressuscitando. Ela então começa a vagar no mundo, sendo mantida "viva" apenas por seu ódio por Inu Yasha. Porém dentro do seu coração ela ainda guarda aquele amor de 50 anos atrás. Inu Yasha também continua apaixonado por ela... Mas depois de algum tempo com Kagome, também começa a gostar da mesma. E Kagome, por sua vez, também se apaixona por Inu Yasha. Já deu pra perceber o rolo que tudo isso vai dar...

PERSONAGENS

Inu Yasha é orgulhoso, mesquinho, egoísta, e além de tudo muito atrapalhado. Filho de um Youkai raposa e uma humana, ele cresceu sendo discriminado por todos por ser um meio-Youkai. Por também ser meio-Youkai, durante as noites de lua nova ele se transforma em humano completo. Ele tem um irmão, Seeshomaru (Youkai completo), este que não gosta nem um pouco dele. Seu pai, antes de morrer, visando ajudar seus filhos a conviverem pacificamente, deixou como herança a Inu Yasha a poderosa espada Tessaiga. Seeshomaru não se conforma em seu pai ter deixado a espada de herança a seu irmão meio-Youkai e durante o começo da série tenta possuí-la a todo custo. Porém o velho Youkai raposa também havia deixado algo de herança a Seeshomaru, a espada Tenseiga, esta que não pode ferir ninguém, apenas curar! A princípio Seeshomaru não vê utilidade na espada, mas após testá-la várias vezes, acaba descobrindo sua utilidade, e esta a ajudou em diversos momentos da série.

Kagome é a personagem central da série, e mantém uma vida dupla, indo para a época feudal procurar os fragmentos da Joia de 4 Almas com Inu Yasha, mas também voltando para sua época para ir a escola fazer provas no colégio. Para isso ela utiliza o poço (no qual ela chegou a essa época) como meio de transporte. No decorrer da série, ela acaba descobrindo que também possui poderes de sacerdotisa, já que é reencarnação de Kikyou. E apesar de brigar muito com Inu Yasha, pode-se perceber lentamente na série como os dois vão se aproximando e se apaixonando. Ela utiliza um Arco e Flecha para lutar contra os Youkais (assim como Kikyou fazia a 50 anos).

Naraku é o grande vilão da série, e sua história começa a mais de 50 anos, na época em que Inu Yasha e Kikyou eram namorados. Ele era um ladrão que foi vitima de um incêndio, chegando assim a beira da morte, e apesar de ser cuidado por Kikyou, tal fato não interferiu em nada seu coração maligno. Ele era cuidado numa caverna, e seu corpo era repleto de ataduras, sendo assim imóvel. Sua maldade acabou atraindo muitos Youkais maus, que deram a ele um novo corpo para sua alma, o transformando num Youkai completo que pode se transformar em qualquer ser. Após isso ele atacou kikyou, quando ela ia levar a Joia de 4 Almas a Inu Yasha para que ele se transformasse num humano completo. Naraku fez isso para que o ódio de Kikyou desse mais poder maligno a Joia. Porém seu plano não deu certo, pois Kikyou após selar Inu Yasha, morreu levando consigo a Joia de 4 Almas.
50 anos depois, Naraku continua querendo possuir a Jóia de 4 Almas, e pra isso se utiliza de muita maldade. Praticamente todos os personagens da série (tanto os bons - amigos do Inu Yasha e Kagome - quanto os maus, querem destruí-lo).

Inu Yasha e Kagome não estão sozinhos na busca pelos fragmentos da Joia de 4 Almas, durante a história aparecem diversos personagens, tanto bons como maus, que fazem deste anime, ser muito rico em conteúdo e histórias paralelas.

TRAJETÓRIA NO JAPÃO E NO BRASIL

Rumiko Takahashi, famosa mangaká japonesa, criou Inu Yasha em 1996, o primeiro mangá da série foi publicado no dia 13 de novembro de 1996. Depois de um excelente trabalho com Ranma 1/2, qual a consagrou como autora reconhecida internacionalmente. O anime chegou a tv japonesa no ano 2000, mais precisamente no dia 16 de outubro, e narram as aventuras de Inu Yasha e Kagome desde o primeiro volume do mangá, até o volume 35. O mangá teve um total de 56 volumes, e ficou em publicação no Japão até 2008. Em 2009 o anime voltou a ser produzido, com o titulo de Inuyasha Kanketsu-hen, a série foi exibida até 2010 nas madrugadas de sábado para domingo, dando um final conclusivo a série (contou os acontecimentos dos volumes 36 a 56 do mangá).

O mangá de Inu Yasha chegou ao Brasil em 2002, pela Editora JBC. E no final do mesmo ano o canal pago Cartoon Network começou a exibir o anime em sua programação, que até então tinha uma programação com diversos animes no bloco Toonami. Inu Yasha era exibido após Pokémon e antes de Os Cavaleiros do Zodíaco, por volta das 17:30. A série ficou no ar durante um longo período, e mesmo apesar dos cortes de violência que foi obrigado a ter por causa do horário, conseguiu fazer um enorme sucesso. Seus 167 episódios foram exibidos pelo canal.

Depois de ser exibido com muito êxito na TV paga, a Rede Globo adquiriu o direito de exibição do anime para a TV aberta. Estreando a série no começo de 2004, a emissora começou a exibir os episódios do anime por volta das 10 da manhã, dentro da sua TV Globinho. Por causa do horário, a série foi totalmente censurada e cortada. Sendo tirada do ar após a exibição de apenas 28 episódios. Após isso, nenhum outro canal aberto se interessou pela série. Inu Yasha está longe de ser um anime infantil, apesar de ser popular entre as crianças. Portanto seria praticamente impossível adaptá-lo para uma exibição num programa infantil da TV aberta. Lembro que na ocasião (quando Inu Yasha saiu da TV Globinho), enviei um e-mail para a Globo perguntando o porquê da retirada da série, e a resposta foi a clássica que sempre ouvimos da mesma: "fazemos um rodízio de desenhos para atender todos os fãs" .

RELIGIÃO

A série Inu Yasha fala abertamente sobre demônios, deuses, espíritos da natureza, que são mitos populares para o povo japonês. Os Youkais, que aparecem como seres comuns da Época Feudal, vem de uma crença xintoísta, onde existem demônios e outros seres maléficos, e acreditam na imortalidade da alma. Como é mostrado em alguns episódios da série que falam sobre a morte, aonde as almas iriam para uma espécie de órbita do nosso planeta, e voltando a fazer parte de um todo. Portanto seria possível a reencarnação, ou uma nova vida para a mesma alma.

CRÍTICA

A série trata sobre diversos temas interessantes, como o romance, a discriminação, triângulo amoroso, decepções, sofrimento com morte de entes queridos... E tantos outros que seria impossível enumerar. Mas não podemos esquecer-nos do ótimo bom humor, e um jeito leve que a trama é levada. E claro: ótimas lutas, muito sangue e ação nos episódios! Indiretamente a série trata assuntos do dia a dia comum de jovens de todas as idades, sem perder a ideia de fantasia vivido no mundo de Inu Yasha, com seus Youkais, demônios, luta entre o bem e o mau... Poderia descrever a Joia de 4 Almas como o objetivo de vida, ou caminho que todos fazem durante a vida, e a ideia de ter o bem (a sacerdotisa) e o mau (os Youkais) lutando dentro dela, poderiam representar o dilema que todos nós temos: qual direção seguir, o que é o bem, e o que é o mau...
Comentários