Japão: Lei que censura mangás entra em votação!

publicado em  

O comitê de assuntos gerais do Governo Metropolitano de Tóquio abrirá amanhã (segunda-feira, 13 de dezembro) as discussões quanto ao novo projeto de lei para o desenvolvivemento saudável da juventude. A votação da assembléia ocorrerá até quarta-feira, quando saberemos se a lei será ou não será aprovada.

Como estamos comentando desde a semana passada, o governo de Tóquio pretende com esta lei proibir a venda e aluguel de publicações nocivas, tais como: materias que são sexualmente estimulante, que estimulem a crueldade e/ou pode influenciar o suícidio ou comportamento criminoso para pessoas com idade inferior a 18 anos. A lei também obriga que as empresas que trabalhem com anime e mangás regulem suas obras, para que nelas não existam insinuações de atos sexuais ou pseudo-sexuais. Outra seção do projeto, seria a proibição da venda de mangás que abordassem tema considerados pertubadores da ordem social, tais como o estupro.

O comitê já rejeitou uma versão anterior deste mesmo projeto em junho. Como resultado, o governador de Tóquio, Shintaro Ishihara, resolveu apoiar o projeto revisado. O que causou na semana passada um movimento das editoras de mangá, sendo que 10 delas resolveram boicotar o evento Tókyo Anime Fair (saiba mais aqui e aqui).

É bom lembrar, que com esta lei, estariam proibidas a produção de mangás e animes hentais, como os gêneros Lolicon e Shotacon (que envolvem crianças). Além disso, haveria um maior controle (censura) em cenas de violência e insinuações sexuais tão famosos em mangás para adolescentes.
Comentários
Anônimo  

Democracia... ONDE ESTÁ O SEU DEUS AGORA!

Não sei se existe esta lei, mas o tipo de conteúdo que eles querem banir, vai ficar mais exposto na internet! E era melhor não deixar ele exposto e somente vender/alugar o material pra maiores de 18 anos, apresentando a identidade e assinando um papel. Ou somente ser vendido por assinatura mensal.

Anônimo  

(continuando post)
E se a pessoa cometesse um ato infracionário se inspirando num mangá/anime erótico ou forte e era assinante/comprador desse tipo de revista, seria preso e receberia uma pena maior.

Ippo  

Eu concordo com a opinião de "você acima" em termos. Eu sou contra a censura, porém acho que é errado o jeito que alguns mangás hentais exibem a violência sexual com crianças. Por mais que seja ficção acredito que o povo não precisa ver isso retratado de uma forma feita para ser estimulante.

SamuH  

ahh meu deus, cada vez mais comments :n

Matheus Neto  

O CX Anime está avançando como nunca tinha visto antes! Só estou dando falta dos outros Postadores.
Onde eles estão? Abandonaram o blog? :j

Mas, em relação à notícia!
Assim como o Ippo, eu concordo em termos com o Anônimo. A censura, em termos, é até boa. Pois estes animes Hentais exibem a violência sexual à criança como se fosse uma coisa normal. Porém, não é para exagerar, né?

Yun  

Sem querer parecer chato, mas... "ESTUPRO", e não "ESTRUPO". :/