Autor recusa receber prêmio no Tokyo Anime Fair

publicado em  

O mangaká Noboru Kawasaki (do mangá sobre beisebol Kyojin no Hoshi) está se recusando a ir ao Tokyo Anime Fair (TAF) 2011 receber um prêmio.

Segundo o editor chefe da revista Champion RED, Kawasaki recebeu um convite dos organizadores do evento para ir receber um prêmio. Mas em protesto a nova lei, que censura mangás e animes em Tóquio, ele decidiu recusar. Os organizadores da TAF sugeriram que ele fosse receber o prêmio em outra data, que não fosse dentro do evento, mas mesmo assim ele recusou.

Kawasaki é conhecido pela criação do mangá (e anime) de beisebol: Kyojin no Hoshi, que no próximo ano completa 45 anos desde a criação. Ele faz parte da Associação de Cartunistas Japoneses, que é uma das organizações que se opuseram à nova lei. A Akita Shoten, editora responsável pela Champion RED, também é contra a nova lei. Eles irão participar do chamado "Anime Contents Expo", que será realizado em março, estrategicamente para bater de frente com o TAF.
Comentários
Anônimo  

A TAF virou depois da bizarra lei de Toquio TAFerrada XD

Anônimo  

kkkkk bem feito pra TAF :o

Anônimo  

:o