Band e Os Cavaleiros do Zodíaco: um casamento que não deu certo!

publicado em  

Em 2004, assistindo a programação da Band, vi uma entrevista do Leão Lobo com a, até então, recém contratada da emissora: Kelly Key (cantora famosa por ser ex do Latino, e pela música Baba Baby). Na entrevista ela falava que iria apresentar um programa infantil (até aí nada de interessante...) e que uma das atrações do programa seria a exibição de Os Cavaleiros do Zodíaco. Comentei isso, porque foi a partir daí, que eu (e acredito que várias pessoas) fiquei sabendo que Seiya e os cavaleiros de Athena estariam de volta a TV, depois de anos fora do ar.
Para a reestreia foi feita uma nova dublagem (pela Àlamo), onde, inclusive, um "cara" que tinha um programa na madrugada da Band, foi nos estúdios da dubladora e "brincou" de dublar o Mestre Ancião.
A partir daí, o canal começou a veicular comerciais anunciando a estreia de Os Cavaleiros do Zodíaco com Kelly Key, para às 5 e meia da tarde, da primeira segunda-feira de julho (do mesmo ano). O anime já estreou mal, pois foram feitos cortes absurdos, para que dois episódios fossem exibidos em apenas meia hora de programa. Ainda por cima, a insossa Kelly Key, aparecia para falar qualquer besteira, cortando a abertura. E não era exibido o encerramento para ela poder dar tchau.

Apesar de tudo, Seiya e seus amigos conseguiram dar audiência. Provocando a ira de Datena, que ficou furioso por perder meia hora do seu programa para um desenho que dava mais audiência que ele. Por outro lado, Kelly Key ficou dando pulos de alegria, pois "o seu programa" era uma das maiores audiências do canal. O que provocou risos de toda a imprensa, que chegavam a brincar dizendo que até uma lesma apresentando, Os Cavaleiros do Zodíaco daria a mesma audiência.
Foi exibida toda a saga Santuário neste esquema de cortes. Satisfeitos com os resultados, a emissora resolveu enfiar Tenchi Muyo nesta meia hora de animes, o que fez com que CDZ fosse ainda mais cortado, chegando ao cúmulo de um episódio ter apenas 15 minutos de duração.
Kelly Key finalmente ganhou mais espaço no "programa", e agora antecedendo o episódio de CDZ ela contava uma histórinha... Se por um lado eramos obrigados a ouvir as histórias, por outro, a Band resolveu parar de cortar os episódios. Exibindo apenas 1 episódio diário de CDZ, como deveria ter sido feito desde o começo.
Kelly Key contando histórias não deu certo (porque será? ¬¬), e a loira águada voltou a seu posto inicial (fazendo a "cabeça" que chama o desenho). A saga santuário foi reprisada algumas vezes, lembro que até Yu Yu Hakusho foi anunciado nos comercias, porém a estreia nunca ocorreu (só anos depois, sendo exibido nas manhãs de domingo).
A apresentadora estava grávida, entrou de licença maternidade e não voltou mais (graças a Deus). E agora que parecia que CDZ finalmente tomaria um rumo certo, com a exibição dos novos episódios da saga Asgard, a Band resolveu mudar sua programação, e mandou Seiya e cia. para o começo da tarde, por volta das 13:30. Infelizmente somente São Paulo pode conferir os episódios da saga Asgard e Poseidon, que até que foram bem exibidos, sem cortes e com abertura inédita. Lembro que corria pra voltar da escola (estudava de manhã), para poder assistir CDZ.
A Band exibiu e reprisou várias vezes, e depois deu 1 hora e meia para os Cavaleiros, de segunda a sexta nesse mesmo horário de começo de tarde, no bloco intitulado: Band Kids. CDZ foi muito reprisado nesse horário, eram exibições diárias incansáveis. Até que saiu do ar e nunca mais voltou.

Nesse meio período, que CDZ ficou apenas para São Paulo, a Band fez algumas tentativas de exibi-lo no Band Kids aos domingos, porém nenhuma das tentativas deu certo. Os Cavaleiros do Zodíaco foi exibido na Play TV (Canal 21) por um bom tempo, até que o contrato com a Band terminou.
E agora, por mais irônico que possa parecer, CDZ vai voltar para a Band, como se nada tivesse acontecido (=/). Prometendo exibir os 31 episódios inéditos da saga Hades, e, segundo boatos, existe um acordo para que a Band faça uma exibição regular e completa dessa vez. Então vamos esperar e ver se a reconciliação de CDZ e Band desta vez da certo... Eu fico com um pé atrás.
Comentários
Henrique  

Vou ser bem sincero. A TV aberta do Brasil não ajuda em nada com os animes. O problema está justamente neles pensarem que anime é coisa de criança e não valorizar muito por isso. Pensei que a Band era exceção (em 2000 e 2001 o Band Kids que passou animes bem maneiros como Bucky, El Hazard, Tenchi Muyo, teve uma época em que passaram Slayers, depois teve esse episódio com CdZ) mas, pelo visto me enganei. A única saga de CdZ que assisti foi a santuário, justamente por causa disso. Isso sem falar da Globo com Inu Yasha, Digimon DS e outros tantos injustiçados, SBT com Dragon Ball e Rayearth... Pelo visto, a única maneira de um brasileiro assistir um anime que valha a pena seria baixando da internet, comprando no fansubber ou assinando TV a cabo.

josé  

Concordo com vc so que eu acho que o fato da globo não ter passado inuyasha completo foi pq a empresa que dublava faliu e tbm pq tinha muito sangue era gente sendo esquartejada eu acho massa mais a sencura e uma merda eles sensuram desenhos que matam mais nunca sensuraram dragon ball com o mestre kame olhando os peitos das mulheres

josé  

E outra a globo pode ser uma merda mais não sei pq so ela que passa desenhos "direito" ta certo que erram pra caralho mais pelo menos não pegam seus melhores seriados e ficam reprisando igual a record com pica pau que ah ums 10 anos e reprisado e Todo mundo odeia o Chris que e uma otima serie mais que teve um tempo que passava 4 episodios de uma vez so e agora jhonnie test Ou igual a Sbt que ah 30 anos reprisa chaves e sem falar na band que passa desenhos tipo Ei Arnold nada contra eu ate assisto mais não tem como ganhar dos desenhos da globo

Crestomanci Tássio Sam  

Concordo com o post. Foi simplesmente um susto quando eu soube q Cavaleiros do Zodíaco ia voltar pra a Band. Agora só Jesus salva!

{Gu}stavo  

eu não acredito nessa "exibição regular" ao pedidos dos fãs...
se estive dando resultado a emissora vai investi no anime, caso contrário nenhuma mobilização de fãs vai ajudar. a emissora quer lucro $$$$ e não fãs contentes

Dr.Hunk  

segundo foi falado, a Band tem um contrato que diz, que a emissora não pode tirar o anime até que este seja totalmente exibido. Também há rumores de que seja à noite.

wesley marinho  

vixi até que enfim
os velhos tempos de
dragon ball
dragon ball GT
dragon ball Z
Digimon
Pokémon
CDZ
e etc.. estão voltando
até choro quando vou no you tube e assito esse animes
é muito nostalgico relembra a infância da gente sem falar de sakura card captors etc...meu naum fazem mais animes que nem antigamente agora na cartoon so´passa ben 10 e naruto aff da um tempo
eu tenho 13 anos se eu pudesse voltar no tempo (9 anos mais ou menos)só voltava pra assistir esses animes e viver minha infância de novo.

portella  

Pra mim nem fede nem cheira o fato da band exibir o cdz em tv aberta. Pois eu prefiro ver no youtube ou até mesmo baixar os episodios q sao muito melhores ao menos vc nao espera 24 hrs pra ver o q vai acontecer q so ira durá 1/2 hora prefiro ver na net mesmo q é sequencial e dinamico
:DDDDDD
viva a inclusão digital!!!