Visual Kei

publicado em  

Olá! Bom aqueles que ainda não sabem, eu sou a Shinigami Sensei que estarei de agora em diante de segunda a sextas-feiras, para tirar duvidas e informar a todos aqueles que desconhecem alguns termos usados por otakus, ou que já ouviram falar, mas não conhecem o verdadeiro significado da palavra e de sua origem, estarei aqui para orienta-los da maneira correta que deve ser e forma-los todos uns bom Otakus u.u. E na aula de hoje nós vamos falar sobre Visual Kei, os quais são muito confundidos com os góticos. Então prestando atenção, e se houver alguma dúvida, depois é só perguntar que a Sensei irá responde-las ^^
Visual kei
"linhagem visual" ou "estilo visual"), ou visual j-rock, é um movimento musical que surgiu no Japão na década de 1980.

Consiste na mistura de diversas vertentes musicais como rock, metal e, muitas vezes, uso de instrumentos relacionados à música clássica, tais como violino, violoncelo e piano. Uma das peculiaridades desse movimento é a ênfase na aparência de seus artistas, muitas vezes extravagante, outras vezes mais leve, mas quase sempre misturada com a androginia, e shows chamativos. No visual kei a música anda sempre ao lado da imagem e vice-versa.

Algumas bandas consideradas pioneiras do visual kei são AN CAFE, The Gazette, X JAPAN, D’ERLANGER, DEAD END, BUCK-TICK, Kamaitachi e COLOR. O movimento teve seu auge em meados da década de 1990, quando bandas como BUCK-TICK, X JAPAN, LUNA SEA, Kuroyume, MALICE MIZER, SHAZNA e outras conquistaram o público e o mercado japonês. Mais tarde, durante os anos 2000, bandas como Moi dix Mois, D'espairsRay, BLOOD, Kagerou, Kagrra, Onmyo-Za, Nightmare e the GazettE iniciaram campanhas oficiais na Europa e em alguns países das Américas, lugares onde hoje em dia também já existe uma base sólida de fãs do movimento.

O visual kei sempre foi um movimento dinâmico e com o tempo foi ganhando variadas vertentes.

A música visual kei
Apesar de ser um termo a princípio referente à imagem das bandas, "visual kei" pode referir-se também à música das mesmas, uma vez que várias delas produzem ou produziram músicas de sonoridades que não se encaixam em outros rótulos existentes.

Algumas das sonoridades clássicas do visual kei teriam se caracterizado entre as décadas de 1980 e 1990, consolidando-se na última. Tais sonoridades teriam sofrido influências de estilos musicais como hard rock, punk rock, pós-punk, ska, etc e incluem características, entre outras, como:

Guitarra executando notas limpas (ou com um efeito de overdrive muito leve) com freqüência; Exemplos:

Artista Música Álbum/single Ano
Kuroyume neo nude Mayoeri Yuritachi ~ Romance of Scarlet 1994
La'Mule Curse Curse 1999
Die In Cries MELODIES VISAGE 1992
Kagerou Nawa Hakkyou Sakadachi Onanist 2001

Guitarra executando riff com notas mortas com freqüência; Exemplos:

Artista Música Álbum/single Ano
Laputa Chemical Reaction Jako 1998
PIERROT Enemy PRIVATE ENEMY 2000
Aliene Ma'riage Tsumi to Batsu Le Soireé 1999
BUCK-TICK SEXUALxxxxx! SEXUALxxxxx! 1987

Linhas de baixo proeminentes, freqüentemente trabalhando com grooves e fraseados que conduzem a base da harmonia enquanto as guitarras preenchem a mesma e incrementam o ritmo da canção; Exemplos:

Artista Música Álbum/single Ano
LUNA SEA Déjàvu IMAGE 1992
D'ERLANGER DARLIN' BASILISK 1990
Kagrra, Nue no Naku Koro Nue 2000
Janne Da Arc Sakura D.N.A 2000

Alguns trabalhos que primam pela polifonia entre duas ou mais guitarras e um baixo, de modo que cada instrumentista evite apenas repetir a mesma linha de outro, buscando consideráveis variações rítmicas e/ou harmônicas; Exemplos:

Artista Música Álbum/single Ano
LUNA SEA ROSIER MOTHER 1994
Dir en grey Yurameki GAUZE 1999
MALICE MIZER Tsuioku no Kakera Voyage ~sans retour~ 1996
La'cryma Christi Blueberry Rain Sculpture of Time 1997

Bom esse é o final da aula de hoje, continuaremos a dar mais detalhes sobre Visual Kei amanhã então se não quiser perder alguma coisa é melhor estarem presentes! u.u

Sayonara!


Pergunta a Sensei

Henrique: Gostaria de saber se "Avatar a lenda de Aang", que foi criado nos EUA, pode ser considerado um animê?

Shinigami Sensei: Sim ele pode sim ser considerado um anime, não é somente aqueles criados no Japão que são considerados animes, se todo o enredo a, história e o drama, pelas quais são encontradas em animes, também estiverem presentes essas caracteristicas em animes que foram feitos em outros países, um exemplo disso é o Afro Samurai que é um anime Americano. Portando respondendo a sua pergunta, Avatar pode sim ser considerado um anime, mas que não foi produzido no Japão. Essas animações que são influenciadas por animes mas que não são do Japão são chamadas de Americanime.
Ex delas são:
Avatar: The Last Airbender
Ben 10
Kappa Mikey
Martin Mystery
Team Galaxy
Teen Titans
Totally Spies
Chaotic
Comentários
Pokémon Arceus  

Shinigami Sensei, me desculpe, mas Martin Mystery, Team Galaxy e Totally Spies não são americanos, são franceses.

Mizuk  

Shinigami Sensei, não fale bestiras, a própria nickelodeon (criadora do avatar) não considera Avatar um anime. Ela fala que é "um desenho próximo ao anime" mas não o define como anime. Como o colega acima já falou Martin Mystery, Team Galaxy e Totally Spies são desenhos FRANCESES.