Argentino é indenizado por jogar videogame no trabalho!

publicado em  

A justiça do trabalho argentina condenou uma empresa a pagar uma indenização de 225 mil pesos a um funcionário. O motivo? Ele foi demitido por jogar videogame durante o trabalho (xD). O cara trabalhava numa concessionára de automóveis, resolveu jogar um pouquinho de game, e foi surpreendido pelo patrão, que o mandou pra rua imediatamente... Porém, segundo decisão da justiça, o ato de "brincar" durante o trabalho não foi tão grave ao ponto de ter que demiti-lo. O tribunal também levou em conta que não houve reclamações de clientes, quando o vendedor jogava videogame, não havia pessoas para ser atendidas na loja.

Portanto já sabem: Quando forem pegos jogando algo no trabalho você já sabe o que fazer (xD).
Comentários