Especial: Crayon Shin-chan - parte 3

publicado em  

Apesar de ter visto a série estrear no Brasil, em 2003 pela Fox Kids, meu primeiro contato com Shin-chan não foi pela tv... e sim por um jogo de Super Nintendo (saudades da época do SNES =/). Lembro que eu tinha um jogo de Crayon Shin-chan por volta dos anos 99/2000, adorava jogá-lo, porém jamais imaginaria que se tratava de um desenho de tv. Outra coisa que nunca poderei esquecer, é que no jogo ele fazia a "Dança da Bundinha Peladinha" e se transformava no Mask Muchacho (xD).
Não poderia deixar de falar sobre a família do Shin. O que seria uma matéria sobre Crayon Shin-chan sem falar da Mitsy!? Shin é o primeiro filho de um típico casal japonês, a mãe Mitsy, uma dona de casa comum, e o pai Hiroshi Nohara, um executivo bem distraído. As confusões entre Shin e sua mãe é uma das partes mais hilárias do anime. Mitsy tenta ser uma mulher comum, gosta de parar pra fofocar, gosta de ser bem vista pelos vizinhos... porém com um filho como o Shin, que vive arrumado confusão, não tem como! No decorrer da série ela acaba indo tirar sua carteira de motorista, onde inclusive seu filho faz novamente questão de atrapalhá-la (xD). Mas o que fica bem claro, é o amor que ela tem por Shin, posso citar como exemplo o episódio em que ela esquece seu filho dentro do trem (sim, ela esqueceu o Shin no trem ¬¬ kkkkkk - foi hilário), onde ela se demonstrou muita preocupada e ao encontrá-lo protagonizaram uma cena muito bonita.
Algumas temporadas depois, Shin ganha uma irmãzinha (a Daize)... agora o medo dos pais é que ela se influencie pelos maus modos do irmão.
Comentários